jQuery(function($){ if (!$('#et-info').length) { $('#top-header .container').prepend('
'); } $('#et-info').prepend('xxx'); });

Sistema de Reuso de Água da Chuva

MTX – PLUV 1000

MTX – PLUV MINI 600 – Vazão 600L/h

Necessita de 2 cisternas, água bruta + água tratada (mínimo de 1000L cada).

MTX – PLUV 1000 – Vazão 1000L/h

Necessita de 2 cisternas, água bruta + água tratada (mínimo de 3000L cada).

MTX – PLUV 2000 – Vazão 2000L/h

Necessita de 2 cisternas, água bruta + água tratada (mínimo de 5000L cada).

MTX – PLUV 1000 – Vazão 1000L/h
Necessita de 2 cisternas, água bruta + água tratada (mínimo de 3000L cada).

1. DESCRIÇÃO DOS SISTEMA – MTX-PLUV-1000

Inúmeros são os benefícios da utilização de sistemas de aproveitamento de água de chuva, pois estes sistemas possibilitam a redução do consumo de água, diminuindo os custos de água fornecida pelas companhias de abastecimento e auxiliando na preservação do meio ambiente reduzindo a escassez de recursos hídricos.

Além disso, a implantação de um sistema de aproveitamento de água de chuva proporciona uma série de outras vantagens tais como:

• Baixo impacto ambiental;
• Água com qualidade aceitável para vários fins com pouco tratamento;
• Complementa o sistema convencional; Apenas em reúso
• Reserva de água para situações de emergência ou interrupção do abastecimento público;
• Conveniência (o suprimento ocorre no ponto de consumo);
• Fácil manutenção;
• Baixos custos de operação e manutenção;
• Qualidade excelente (principalmente quando a captação é feita em telhado);
• As tecnologias disponíveis são flexíveis;

• OBS: A água proveniente deste sistema não deve ser misturada ao sistema de água potável ou consumida. Caso se deseje a potabilização, o sistema indicado é o MTX-ULTRA.

2. DADOS DE ENTRADA

 Tabela – Volume máximo diário:

PRODUÇÃO DE EFLUENTE
Tipo de efluente Água Pluvial
Vazão de Tratamento 1.000L/h
Vazão Máxima 1.000L/h
Volume diário de Tratamento 15.000 L/dia
Volume máximo de Tratamento 20.000 L/dia

*Considerando 15h/dia de funcionamento

3. DESCRITIVO DE FUNCIONAMENTO

A água de chuva é captada no telhado, passa por um filtro para retirada de folhas e galhos e é direcionada para um reservatório de entrada. Deste reservatório a água é bombeada, por bomba existente no próprio skid do equipamento, para o sistema de tratamento.

A água então é direcionada para um filtro contendo leito misto ou carvão ativado, com capacidade de retenção de sólidos, cor, odor e turbidez. Este filtro não remove bactérias e organismos patogênicos, devendo os mesmos ser mortos por ação do cloro na etapa seguinte.

O leito pode ser caracterizado como zeólitas + Carvão, ou simplesmente carvão ativado.

A zeólita natural, material de origem mineral (aluminosilicato), com elevada capacidade de troca catiônica, remove seletivamente alguns tipos de íons, porém na presente aplicação, destaca-se a remoção de sólidos, devido outra propriedade, sua composição e estrutura química, a chamada “peneira molecular”.

Tipicamente o material particulado existente na água de aquíferos possui diâmetro médio superior a 40 micra ou 0,04 mm.

O meio filtrante de aluminosilicato “Zeólita” é capaz de remover partículas com diâmetro médio de até 4 micra ou 0,004 mm. Portanto o filtro será capaz de remover grande quantidade do material em suspensão da água pluvial, efetuando a primeira etapa de tratamento.

O Carvão ativado, assim como a zeólita, é um meio filtrante granular que possui uma propriedade especial, denominada adsorção, processo pelo qual o carvão remove sólidos finamente divididos, cor, turbidez, odor e compostos orgânicos devido a interações eletrostáticas. Desse modo o efluente tratado ficará virtualmente isento destes contaminantes.

Finalizado o tratamento da água, é adicionado um agente desinfetante (Solução de Hipoclorito de Sódio) a fim de garantir teor de Cloro livre de 0,5 a 1,5 ppm, o que garante a ausência de organismos patogênicos. Desse modo serão garantidas a estabilidade microbiológica e o atendimento as leis, normas e diretrizes nacionais e internacionais para reúso de água.

Em seguida, a água já tratada é enviada para o reservatório de água tratada de onde segue por gravidade ou bombeamento para utilização.

No reservatório de entrada e saída haverá controle de nível que irá acionar automaticamente o sistema quando houver água de chuva a ser tratada, e desligar automaticamente quando não houver água a ser tratada.

Os processos de filtração, limpeza e demais funções da membrana, serão regulados e controlados automaticamente, por cabeçote automático e válvula esfera elétrica, que farão o trabalho de regular o tempo, vazão e limpeza do sistema.

4. LIMPEZA /RETROLAVAGEM

4.1. Sistema em Modo Filtrando

4.2. Sistema em Modo Retrolavando/ Limpando

4.3. Sistema em Modo Drenando

– O cabeçote automático previamente programado pela MTX ajustará a vazão e tempo de retrolavagem;

– Vazão: Aproximadamente 1.600 l/h
– Tempo: Aproximadamente 10 minutos;
– A retrolavagem será iniciada automaticamente com a abertura da válvula elétrica de água tratada instalada no by-pass, e posterior fechamento da água bruta;

A válvula automática controla todas as funções

IMPORTANTE:

– O Cloro não é escopo de fornecimento da fabricante;
– O local onde será posto o equipamento deve ser especialmente preparado para suportar seu peso vazio e em operação.
– O ideal que seja um local abrigado de intempéries (sol, chuva) uma simples cobertura é o suficiente, até mesmo para facilitar a operação.
– É importante que o equipamento não fique acessível a curiosos para evitar danos ao mesmo ou acidentes.

5. ESCOPO DE FORNECIMENTO

5.1 – Projeto do Sistema;
5.2 – Croqui de instalação;
5.3 – Folhas de dados dos equipamentos;
5.4 – Manual de operação e manutenção dos equipamentos;
5.5 – Equipamentos descritos abaixo:

6. ITENS EXCLUÍDOS DO FORNECIMENTO

• QUALQUER OBRA CIVIL NECESSÁRIA PARA IMPLANTAÇÃO/ OPERAÇÃO DO SISTEMA;
• CAIXA DE AREIA E SEPARADORA ÁGUA/ÓLEO;
• CISTERNAS;
• MÃO DE OBRA HIDRÁULICA, MECÂNICA E ELÉTRICA PARA INSTALAÇÃO;
• TRANSPORTE DOS EQUIPAMENTOS;
• LINHA DE ADUÇÃO E RECALQUE DO SISTEMA;
• ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DO PAINEL GERAL;
• QUAISQUER SERVIÇO E EQUIPAMENTO QUE NÃO ESTEJAM EXPLICITADOS NESTA PROPOSTA.

7. GARANTIAS

Todos os equipamentos fornecidos pela MTX têm total garantia contra defeitos de projeto, fabricação e/ou devido a materiais defeituosos, por um período de 01 (um) ano após o término da sua montagem e dos testes finais, quando será emitido um Certificado de Aceitação do Equipamento.

a) A presente garantia somente será válida se o equipamento for supervisionado por técnico da MTX. Exime-se a MTX de toda a responsabilidade, caso estes serviços sejam executados por terceiros e não sejam obedecidas as especificações do projeto, aplicando-se o mesmo critério na execução de reparos ou modificações.

b) O equipamento defeituoso não poderá ser operado, principalmente, quando evidenciado que a contínua operação puder resultar em danos para o mesmo e/ou perigo para a instalação.

Nos termos desta garantia, a MTX se responsabiliza apenas pelos defeitos acima referidos, sempre dentro das Especificações Técnicas. A MTX não será responsabilizada por danos, perdas diretas ou indiretas, coisas ou pessoas, lucros cessantes ou perdas de produção, prejuízos originados do desgaste natural, corrosão, erosão, etc.

Modelos similares:

MTX – PLUV MINI 600 – Vazão 600L/h
Necessita de 2 cisternas, água bruta + água tratada (mínimo de 1000L cada).

MTX – PLUV 2000 – Vazão 2000L/h
Necessita de 2 cisternas, água bruta + água tratada (mínimo de 5000L cada).